Subversa

Suspiro | Natanael Otávio


É bom não só pelo açúcar branquinho e refinado,
as claras em neve e as rapas da casca do limão.

Saboroso pelas moedinhas juntadas,
os pedacinhos do doce repartidos
entre os amigos, primos e irmãos.

Pela corrida de “quem chegar por último é mulher do sapo”
ao barzinho do tio Dete, do tio Zé, do Honório do Rubão…

Olhos úmidos – que saudade!

Gostoso – e muito! – pelo sabor de infância que fica na boca,

o doce suspiro.


Natanael Otávio | Bastos, Brasil |

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367