Subversa

Soneto sem tempero | Bianca Camargo de Lima (São Paulo, SP, Brasil)

Ilustração: AMimura

Ilustração: AMimura


Tenho uma cidade como meu lar

Vi as mentiras, todos os seus esquemas

Pinóquio avisou-me desses problemas

Perigos mal me deixam respirar

 

Grandes olhos, mas que não veem o próximo

Próximo ônibus para o próximo negócio

Olhos que veem, no máximo, um sócio

Viver no urbano como ponto-ótimo

 

Rimas apagadas pela fumaça

Minha cidade não tem sabiá

Prédios e estátuas a cobrir a praça

 

Poesia, aqui, não resistirá

Felicidade é uma ameaça

Minha cidade é tudo que há.


BIANCA CAMARGO DE LIMA (1997) é paulistana e estuda Artes Visuais. Com as palavras, ela borda histórias. Com as histórias, ela tenta dar sentido à vida. | BILIMACAMARGO@GMAIL.COM

Marcado com:

Sobre o Autor

1 Comentário

  1. João Victor 29 de julho de 2016 em 02:17

    Demais!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367