Subversa

Rua Cheia | Guilherme Aniceto (Itajubá, MG, Brasil)

Ilustração: Neal Pickhaver

Ilustração: Neal Pickhaver

A chuva desceu com gosto.

Na rua cheia, só se caminha se quiser se molhar.

Na rua cheia, a água invade as casas, a água limpa mas suja.

A dita cuja (a chuva) não dá trégua.

Desce, gostosamente desce.

Entra, forçosamente entra onde não é desejada.

E o imposto, por onde escorre nessas enxurradas?

E a obra prometida, o nivelamento da rua, quando começa?

A dita cuja (a chuva) não tem força política.

 

 

 


GUILHERME FERREIRA ANICETO (Minas Gerais, 1991), Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Itajubá, poeta, autor de “nós líricos”, livro de poemas publicado pela Editora LiteraCidade em 2015. | GUILHERMEFANICETO@GMAIL.COM

Marcado com:

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367