Subversa

¿Qué sabe? | Eliana Machado


Qué sabe sobre mí

Ese sol que me broncea

Sol cuyos rayos penetran

Mi epidermis dulcemente.

 

Soy el lagarto en éxtasis

Soy la hoja en su fotosíntesis

Soy la flor abriéndose en pétalos ligeros

 

Qué sabe sobre mí

Ese sol que no elige

Reinando en su labor cotidiana.

 

Poco a poco

La luna acecha

La fiebre aumenta.

 

Qué sabe de nosotros la noche

Somos líquidos desechados

En sábanas blancas.


 Eliana Machado | São Paulo/Mônaco | meugema@hotmail.com

 

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. SILVIO DA SILVA MARTIN 16 de outubro de 2020 em 06:32

    Que lindo poema !!!!

  2. Pedro Belo 21 de outubro de 2020 em 14:38

    Muito bem, minha amiga! É sempre um gosto ver um trabalho teu por aqui.
    Beijos. Boas inspirações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367