Subversa

Por que amo Ouro Preto? | Edson Amaro (São Gonçalo, RJ, Brasil)

Ilustração: Neal Pickhaver

Ilustração: Neal Pickhaver

“Para Guilherme Ferreira Aniceto e Fabio Ferreira, lindo e feliz casal”.

 

Por que amo Ouro Preto? Sendo ateu,

Em seus templos respiro a fé perdida

E nas ladeiras tortas como a vida

Piso as dores que a vida já me deu.

 

Piso as pedras pisadas por Dirceu.

Menos que a sua, mia lira vai sentida

Por trilha que é também menos florida

Mas em pedras equivale o vale meu.

 

Não repito, Marília, não repito

Como Gonzaga os verbos de meu verso

Nem redondilhas deixo-te expedito.

 

Se Vila Rica em versos eu converso

É por acalentar sonho bendito:

Em pastor despertar um dia converso.

(17 e 18 de outubro de 2015)


EDSON AMARO DE SOUZA é professor de Língua Portuguesa na rede pública estadual do Rio de Janeiro. Publicou pela editora Buriti sua tradução do romance “Valperga”, de Mary Shelley e no site Amazon, em formato e-book, sua tradução da tragédia “O Rei Saul: Davi em Gilboé” de Vittorio Alfieri. | PLANTEARVORES2@GMAIL.COM

Marcado com:

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367