Subversa

Lascas de madeira e pólen | André Guilherme Almeida


lascas de madeira e pólen
um pedaço vazio de vidro
vez ou outra um pedaço
……………………de vida

uma moeda uma boneca
sem um dos olhos
tem a boca esgarçada num grito
já que tudo que é esquecido grita
o silêncio ensurdece quem não está ali pra ouvir

o cheiro dos temperos do cotidiano
ainda impregnam o local
orégano manjericão
mofo sujeira lodo chão

túmulos culinários
sabores imaginários
resquícios de solidão

escombros de nada
que se lembram de tudo
a morte é um vulto
carregado de tempo
tia lurdes se foi
os meninos todos
e o que resta são restos de rostos apagados
em fotografias emolduradas de saudade


André Guilherme Almeida | Santo Antônio da Platina, Brasil | andreguilherme.a@gmail.com

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367