Subversa

EUA 2019 | Felipe G. A. Moreira


Ninguém diz: cale-se.
Cala a porra dessa tua boca. Ninguém.
Ninguém diz. Sobre a sujeira nos teus dentes. Essa sujeira:
não dá. É inaceitável. Não vende. Ninguém diz.
Não gostamos de você. Não gostamos do teu “estilo”.
Você é antinatural. Chocante e
não muito melhor do que um vegetal. Ninguém diz.
Preto. Teu preto. Ninguém diz. Tua puta.
Ninguém é irônico com você.
Ninguém diz. Latino folgado de merda.
Ninguém é sexista. Ninguém é xenófobo.
Ninguém. Eles sorriem.
Eles são educados. Eles são seus melhores amigos.
Eles são seus melhores parentes.
Eles são seus professores mais dedicados.
Eles são seus colegas de trabalho.
Eles dizem: “obrigado”.
Eles dizem: “claro”.
Eles dizem: “por favor”.
Eles dizem: “de nada”.

E, então, você se cala.
Não é súbito. Vão-se alguns anos.
Vários anos. Muitos anos mesmo.
Digamos: uns dois mil e dezenove anos. Mas eis que vem um cansaço.
Uma velhice. Uma doença.
Uma função na vida. Um medo.
E, então, cordeiro… Bem, então, você se cala.


Felipe G. A. Moreira

 

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367