Subversa

DL50 | Geraldo Lavigne de Lemos (Ilhéus, BA, Brasil)

busco a poesia

……capaz de sepultar o que somos

caracteres de toxicidade aguda

letras de paralisia

……………de asfixia

……………….e de coma

a palavra

em dose

e efeito

semântica sem remédio

que o primeiro verso baste

…..e o último

…………………………vague


GERALDO LAVIGNE DE LEMOS é membro da Academia de Letras de Ilhéus, autor dos livros À Espera do Verão (2011), amenidades (2014), alguma sinceridade (2014) e Massapê: Solo de Poesia (2016), todos de poesia e pela Editora Mondrongo. Integra a antologia Diálogos – Panorama da Nova Poesia Grapiúna (Editus/Via Litterarum, 1ª ed. 2009; 2ª ed. ampl. 2010). Desenvolve os poemas furta-cores desde 2014, que darão um livro de mesmo nome, ora em processo editorial. Foi curador do II Festival Literário de Ilhéus. | GERALAVIGNE@HOTMAIL.COM

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Maria do Socorro Ferreira de Mendonça 2 de setembro de 2017 em 12:20

    Parabéns Geraldo! Honrada sempre sempre pelos seus trabalhos.

  2. Maria Aparecida Vasconcelos Lavigne 3 de setembro de 2017 em 13:53

    “Busco a Poesia… ”
    Este teu primeiro verso basta/para encantar/e arrebanhar admiradores! “Que o último (verso) vague” até encontrar repouso em almas desencantadas…
    … … … … … … … … … …
    Parabéns, Geraldo Lavigne de Lemos!!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367