Subversa

Cidade Ruína | Carlos Silva


No imo da cidade ruína,
o grito do silêncio
sensível
ofusca as máquinas e os pátrios
ecoa um estrondo
em que guarda orgulhos
feridos
trazidos à pedra destas mortes.

Em certa casa desta rua,
há um inocente
cujo pranto não é
poético
e o tumulto o silencia;
o sangue escorre pelos disparos
em terra, censuram os clamores.


Carlos Silva | Machado, Brasil | eucarlosprofessor@gmail.com

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367