Subversa

Acidente de trânsito | Anderson Freixo (Salvador, BA, Brasil)

Ilustração: Neal Pickhaver

Ilustração: Neal Pickhaver

Você pode ser bonita

inteligente, cuidadosa

e ter uma pele sedosa

 

mas também tem uma perna maior

que a outra

 

como eu tenho

porque viemos ambos

 

do mesmo barro

do mesmo erro

do mesmo espirro

do mesmo esporro

do mesmo urro

do mesmo jorro

do mesmo tiro

do mesmo berro

do mesmo barro

 

Somos tortos, antemortos

Acreditamos no mesmo deus

Pagamos na mesma moeda

Colamos as mesmas figurinhas

Em dois álbuns diferentes.

 

em mamilos mamamos ambos

ambos mijamos ambos cagamos

A sujeira da minha casa é a mesma da sua cama

 

Vivemos variações de uma mesma vida,

A única possível e existente

 

A porta da minha casa dá pro seu mundo

E de sua janela você encara o meu.

 

Somos cópias mais desgastadas do que fomos ontem

e mais estúpidas que as cópias que seremos amanhã

E, muito em breve, depois da derradeira cópia,

nossos corpos vão virar outros corpos, de outros seres

 

Enfim, você não está esperando o ônibus, querida, você está esperando o

 

fim.


ANDERSON SOARES FREIXO é carioca, tem 25 anos e reside atualmente em Salvador, onde estuda Letras. Já teve contos publicados por outrass revistas, como  Mallarmargens, Samizdat e Desenredos. Atualmente publica seus textos no blog zonadofreixo.blogspot.com e em sua página do Facebook (Zona do Freixo). | ANDERSON.FREIXO@GMAIL.COM

Marcado com:

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367