Subversa

E agora, Maria? | Eliana Machado (São Paulo, SP, Brasil)

Homenagem a um dos maiores poetas de todos os tempos:

Carlos Drummond de Andrade

MOÇA FLORIDA | @mariliamoser Acrílica sobre tela

MOÇA FLORIDA | @mariliamoser
Acrílica sobre tela

 

“As estrelas estão fechadas.
Volte outro dia”
Dizia o cartaz no pé da serra.

O que fazer, Maria?

E agora, Maria?
Sua roupa está lavada
Sua casa arrumada
E a comida preparada.
A mesa posta
A cama feita
O pó tirado
E sua alma…
Despedida.

E agora, Maria?
Se você soubesse,
Se você cantasse,
Se você escrevesse
Uma comédia musical
Para o teatro da vida
Aquela que teve, um dia.

E agora, Maria?
Você quer chorar

Mas as lágrimas secaram

Você quer gritar,
Gritar para quê?
Ninguém a ouve.
Você quer morrer,
Mas o céu está fechado.
Nem sequer você tem escolha…

E agora, Maria?
E se você trocasse de filosofia?
Vai, Maria, vai pro Inferno.

 


ELIANA MACHADO nasceu em São Paulo e vive na França desde 1994. É especialista em línguas e literaturas hispânicas. Já lecionou diversas línguas e traduziu Luiz Alfredo Garcia-Roza. EM 2015, lançará “Sete Contos Brasileiros” e “Brasil: Aventura Interior”.

Marcado com:

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Pedro BC 15 de janeiro de 2015 em 19:49

    Bom poema, Eliana. Já o conhecia, mas foi óptimo poder recordá-lo. Uma justa homenagem a um incontornável nome das letras lusófonas (e um dos meus autores brasileiros preferidos, confesso).
    Beijos.

    • Eliana 23 de fevereiro de 2015 em 05:53

      Bom dia, Pedro.

      Obrigada pela mensagem que acabo de ver.

      Um abraço.

      Eliana

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367